Estratégia de Imagem para quem trabalha em startups e no universo de tecnologia


Por Dani Miqueri

Estratégia de Imagem em startups

Profissionais da área de tecnologia tem procurado, cada dia mais, pelos nossos serviços de Consultoria de Imagem.


Acreditamos que esse fato se deve à inexistência de um dress code definido pelas empresas do setor, cuja flexibilidade tem gerado insegurança por parte dos seus colaboradores.


Como eles não dispõem de um código de vestimenta que os direcionem, acabam vestindo quaisquer peças, sem pensar nessas como poderosas ferramentas de expressão, considerando, apenas, o conforto que trazem, e deixando de lado as mensagens que transmitem.


Antes de seguirmos, vamos entender mais sobre essa profissão: T.I. significa Tecnologia de Informação – é uma área responsável por todos os recursos tecnológicos utilizados para produzir dados e informações.


Facilita o dia a dia das empresas, entregando a elas soluções tecnológicas; traz eficiência no acesso e gerenciamento de dados, agilizando a vida de todos nós; permite que executemos tarefas simples, de rotina, e grandes projetos que trazem inovações.


É uma área ligada a atividades técnicas e estratégicas, porém, seus profissionais precisam, muitas vezes, se relacionar também com pessoas de diversos departamentos.


Esses aspectos em negrito precisam ser traduzidos por meio das roupas e dos elementos visuais que vão compor uma imagem, mas, claro, falo aqui de uma maneira generalizada porque seria impossível citar caso a caso, falar de cada setor, de um cargo específico ou do estilo de cada um...


Dessa forma, somente no processo individual da Consultoria, porque inúmeras são as variáveis que devem ser analisadas quando pensamos na construção visual das nossas clientes.


Mas a intenção aqui é dar o pontapé inicial para você começar a pensar nas suas roupas de trabalho de modo estratégico, não somente no efeito visual delas no corpo.


ESTRATÉGIA 1


SE TIVER UM CARGO DE LIDERANÇA...


Para comunicar praticidade, eficiência e agilidade escolha produções que possuam elementos simples e retos.



Modelagens simples, cortes simétricos e looks clean possuem uma comunicação visual fácil, objetiva, direta ao ponto.



ESTRATÉGIA 2


SE FOR LIDERADA...

E precisar comunicar criatividade e inovação, insira cores nessas modelagens.


O roxo, por exemplo, é uma cor que impacta e pode comunicar conhecimento, sabedoria e transformação.


O mix do clássico (calça de alfaiataria e blazer) com o casual (blusa vermelha e tênis) também traz essa comunicação porque tira peças tradicionais do óbvio.



ESTRATÉGIA 3


QUER DEIXAR SUA IMAGEM ACESSÍVEL?


Introduza nas suas produções cores quentes, como o mostarda da calça e o terracota da blusa, pois cores quentes abraçam, aproximam.


Uma outra opção para sua imagem comunicar acessibilidade é inserir peças que possuam cortes arredondados, como os ombros da camisa...


Repare que o volume ali faz um desenho mais curvilíneo.


A fluidez da pantalona cria movimentos também arredondados, e todas essas linhas curvas comunicam docilidade e flexibilidade, deixando a sua comunicação aberta.



ESTRATÉGIA 4


SE QUISER COMUNICAR...


Técnica, segurança e estratégia, escolha peças estruturadas, com cortes retos, pois elas transmitem segurança, intelectualidade, raciocínio lógico, organização.



Ficam aqui algumas orientações para você, profissional de T.I., começar a pensar as suas produções diárias de modo mais intencional.


Mas por que isso é tão importante, Dani?


Porque tudo em nós comunica algo...


Todos os elementos presentes na nossa imagem são carregados de significados que transmitem mensagens, basta você identificar o que pretende comunicar ao seu público para, assim, selecionar as peças que vão fazer parte dessa construção visual.


Se você precisa descobrir como transmitir mensagens através da sua imagem, nós vamos te ajudar a pensar numa estratégia visual que vai permitir que você se destaque positivamente no seu ambiente profissional.


Vamos?

Posts recentes

Ver tudo