• Blog da Neuf

Aprenda a fazer suas roupas durarem mais tempo com as dicas da Neuf

Por Tay Fernandes



Você sabia que a maneira como você faz a manutenção das suas roupas é o que vai fazer com que elas durem mais ou menos? O post de hoje fala exatamente sobre como você pode otimizar a duração das suas peças, por isso leia até o final!


Dois dos pontos mais importantes quando falamos sobre a manutenção das suas roupas são a lavagem e a maneira que você guarda suas peças. Com relação à lavagem, é essencial que você siga todos os indicativos da etiqueta, já que cada peça precisa de um cuidado em particular para se manter em bom estado por mais tempo.


Agora quando se trata da maneira que você guarda suas peças de roupa você pode escolher entre cabides ou gavetas. Se você opta pelo cabide, é preciso se ater ao modelo, já que cabide muito finos, pontudos e retos podem deformar suas roupas. É necessário considerar que as peças de roupa são feitas seguindo uma modelagem e essa modelagem, por sua vez, segue o formato do seu corpo.


Quando se coloca suas peças em cabides sem a curvatura do corpo, pode-se deformar os ombros da peça, causando descoloração na região, ombreiras indesejadas e até mesmo rasgos ou desgastes.


O formato ideal de cabide é mais grosso e segue a curvatura dos ombros e das costas, fazendo com que as peças colocadas ali não sofram alterações quando colocadas no corpo. Ainda falando sobre cabides, lembre-se de nunca dispor mais de uma peça por cabide para que você consiga visualizar tudo o que tem no armário e não quebrar seus cabides com o peso das roupas.

Agora se você prefere guardar suas roupas dobradas, é essencial que as peças sejam colocadas em gavetas grandes o suficiente para comportá-las, ou seja, garanta que suas roupas não sofrerão arranhões que possam danifica-las puxando fios, costuras ou até mesmo rasgá-las.


Qual o local ideal para guardar cada tipo de roupa?

Camisetas e blusas: Para conservar essas peças você pode usar os cabides citados acima ou, se preferir, dobrar e guardá-las em gavetas. Aqui o segredo para manter a peça em boas condições é não acumular peças demais em uma mesma gaveta para manter a visibilidade do seu armário alta e separar as blusas e camisetas que podem pegar pelo.

Calças: Caso você prefira dispor suas calças dobradas, certifique-se de dobrar tudo seguindo as linhas da peça, ou seja, respeitando vincos ou pregas originais do modelo. Para guardar suas calças nos cabides, prefira os modelos de cabide mais grossos e, se possível, de veludo. Isso irá garantir que suas calças não fiquem com marcas nas dobras do joelho e/ou rasguem na região.

Shorts: Você pode dobrar os shorts assim como as calças (seguindo os vincos originais), ou dispor suas peças em cabides. No caso de shorts o melhor é colocá-los em cabides com prendedores firmes o suficiente para segurarem o peso da peça, mas que sejam delicados para não causar danos na cintura do seu shorts.


Saias: Para dispor suas saias mais curtas em cabides, você pode usar os cabides com prendedores (aqui a mesma ideia dos shorts se aplica). Para saias mais longas, no entanto, o ideal é usar dois cabides: um com prendedores segurando a peça e outro para dar apoio e não deixar que a barra da saia fique arrastando no fundo do armário, conservando também a peça sem que ela amasse. Para fazer isso basta passar a saia pelo segundo cabide, dobrando-a de leve.


Para guardar suas saias dobradas e em gavetas, mantém-se a regra de respeitar todos os vincos originais e manter uma alta visibilidade de todas as peças, ou seja, nada de gaveta lotada!



Vestidos e macacões: Os vestidos e macacões mais longos devem ser guardados da mesma maneira que as saias mais compridas, garantindo que a costura da barra se mantenha intacta. Não é recomendado que você guarde esse tipo de peça dobrada em gavetas, já que são mais complexas do que uma simples blusa ou calça e, por conta da modelagem ser maior, você pode acabar danificando vincos, pregas e recortes originais da peça. Prefira mantê-las em cabides.

Casacos: Um erro comum é guardar casacos e blazers em capas. Isso pode fazer com que a peça crie umidade e acabe mofando o tecido. O ideal é deixar que suas roupas respirem, em especial fibras naturais como algodão e linho e peças em couro.



Malhas: Peças em malha como o tricot, por exemplo, não podem ser guardadas em cabides, já que as tramas dessas roupas são feitas para esticar e manter a fácil movimentação do corpo. Guardá-las em cabides pode fazer com que as peças se deformem na região dos ombros e fiquem esticadas, comprometendo a estampa e textura da peça. Guarde suas malhas dobradas em uma gaveta ampla sem que haja risco de puxar alguma trama do tecido.

Quais itens dessa lista você tem seguido e quais foram novidade pra você? Conta aqui para gente nos comentários!

SIGA-NOS

  • Whatsapp Neuf
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram