BLOG

whats png.png

Saiba como usar as proporções e caimentos das roupas a seu favor

Atendendo aos pedidos dos nossos Neufóricos, esta semana trago um pouco sobre a importância das proporções e caimentos das roupas. Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como usar a proporção física a favor da sua imagem.


Claro que isso tem relação direta com a personalidade, o estilo próprio, conforto e a imagem que se quer passar. A moda é livre de padrões, cada um se veste e usa o que mais lhe traz conforto, mas nem sempre esse conforto trabalha a favor da sua imagem. E nesse artigo você vai poder entender como fazer as melhores escolhas, levando em consideração o seu corpo.


O tempo todo nos dizem que devemos vestir roupas adequadas ao nosso tipo físico, prestar atenção ao caimento das peças e tentar ressaltar nossas qualidades por meio dos recursos que a moda nos disponibiliza, mas pouco se explica sobre as proporções humanas, e como respeitar estas medidas para criar harmonia com a nossa silhueta.


A primeira coisa que você deve saber é que o corpo humano é incrivelmente proporcional e as roupas que usamos precisam respeitar essa proporção. Existem alguns padrões de tamanhos que se aplicam a todo mundo, com variações mínimas, como por exemplo a altura de uma pessoa que é equivalente a 7 ½ vezes a altura de sua cabeça (pode ser 8X em alguns casos) ou a largura dos ombros que tem 2 vezes essa medida básica - vide imagem para melhor entendimento.


As proporções ideais masculinas

O caimento correto da camiseta básica

Vamos usar como exemplo de caimento a roupa mais básica de todas: a camiseta de algodão. As costuras dos ombros têm que estar perfeitamente posicionadas sobre as articulações. Dessa maneira elas se unem ao desenho do tórax, criando a forma de um trapézio, dando a ilusão de que seus ombros são maiores. Se a camiseta for muito pequena ela estreitará seus ombros, se for muito grande diminuirá seus braços e lhe fará parecer desleixado, aí então dê adeus às proporções certinhas que a natureza lhe deu.


Uma parte da anatomia que não se espelha na moda é a cintura. Muito tempo atrás a cintura da calça ficava entre suas costelas e o quadril, um pouco acima do umbigo, local da verdadeira cintura anatômica, hoje, porém, fica no início do quadril. Essa mudança se deve a diversos fatores, mas acredito que o principal seja a estética dos anos 2000 baseada no culto ao corpo, onde a barriga tanquinho roubou a atenção dada anteriormente aos bíceps e tórax. Cobri-la com a calça não parece mais uma boa ideia como foi nas décadas passadas.


Não pense que o caimento ajuda apenas quem está com o corpo em dia. Muito pelo contrário, peças bem cortadas e bem escolhidas podem lhe deixar mais alto, mais forte e até mais elegante, usando apenas pequenos truques visuais que levam em consideração estas medidas universais, depende de você prestar atenção ao que está vestindo e ter consciência do seu tipo de corpo.


Dicas práticas pra acertar na hora de se vestir

Vejam algumas curiosidades sobre as proporções do corpo, elas podem não ser tão úteis, mas servem para conhecimento geral:


Proporção dos olhos - Os olhos têm entre eles o espaço exato de outro olho;


Proporção do nosso rosto - A distância do seu queixo até a base do nariz, da base do nariz até a linha da sobrancelha e da linha da sobrancelha até o início do couro cabeludo é exatamente a mesma;


Proporção do tronco - De seu queixo até seus mamilos você tem uma distância equivalente à altura de sua cabeça, até o umbigo o tamanho dobra e com 3 vezes a medida chegamos ao fim do tronco;


A proporção da cintura - A articulação dos cotovelos fica na altura de sua cintura, mas não a da calça, a verdadeira, aquela entre as costelas e a pélvis;


Entenda a proporção da cíntura

O mito das mãos e pés - O tamanho dos pés ou das mãos não tem nenhuma relação com o tamanho dos órgãos genitais.


Para quem está acima do peso


Inconscientemente os homens com essa anatomia física, tendem a usar roupas mais largas, por achar que são mais confortáveis e favorecer a mobilidade. Em tese essa afirmação procede. Mas o grande erro é achar que por ter outras proporções ditas “fora dos padrões”, não se acham aptos a usar roupas que agreguem à sua imagem. Ledo engano. Tudo pode ser usado a seu favor e saber escolher roupas com a sua numeração é o segredo. Qualquer homem pode ser elegante.


Algumas dicas básicas:

  • Evitem peças de cor branca ou muito claras, elas não ajudam no visual;

  • As listras são sempre bem-vindas, desde que sejam discretas e na vertical, para alongar a silhueta;

  • Calças de linho, sarja, ou de algodão misto, ajudam a manter o conforto e mobilidade. Evite o jeans: são pesados e grosseiros e desconfortáveis para os dias mais quentes;

  • Aposte em looks de cor preta e escala de cinza, pois ajudam numa percepção mais harmônica do visual.

Tons mais escuros são uma boa opção para quem está acima do peso

Para os sarados


Na hora de escolher uma peça, leve em consideração as suas medidas. Há homens que gostam de usar roupas mais justas ao corpo, para que os músculos fiquem mais evidentes. É muito normal hoje em dia, mas o cuidado que se deve ter é para que as roupas não fiquem com aspecto de que é menor que o seu corpo.

Quem está em forma também precisa estar atento às proporções

Para os magros


O segredo é sempre usar roupas do seu número. Roupas muito folgadas e fora da numeração ideal causam um visual desleixado, causando má impressão. Antes de comprar qualquer peça de roupa, vale a pena ir ao provador, conferir o look completo e se certificar de que não existem sobras, assim não terá chances de errar.

Gostou desse tema? Deixe aqui um comentário! Caso tenha dúvidas, estou à disposição para responder e ajudar.


Abraços.

Lisandro Carvalho.