Buscar
  • Blog da Neuf

Como colocar cor no meu guarda-roupa?

Por Tay Fernandes


Quando fazemos o teste de cores, uma das primeiras perguntas que ouço das clientes é “como eu faço para adicionar cores no meu armário?”. E a primeira coisa que digo a elas é para seguir a cartela e ter bastante calma. O segredo para adição de cores à sua vida é começar pelo início. Sempre respeitando seus limites, identificando seu ponto de partida e até onde você consegue e quer ir.


A ideia principal ao incorporar o uso de cores no seu dia a dia e levar este universo para o seu armário, é otimizar sua comunicação visual. Para isso é importante que você: entenda bem o que cada cor comunica por você, alinhe seu objetivo de imagem com sua cartela de cores, respeite seu estilo, e, mais uma vez, respeite seus limites.


O que cada cor comunica por você?

Aqui partimos da psicologia das cores, ou seja, partimos do princípio que cada cor irá comunicar uma mensagem diferente. Um exemplo bem simples é o branco, que comunica paz, harmonia, pureza e inocência. Já o preto comunica poder, luto, formalidade e mistério. Dá para entender assim, que cada cor irá passar uma mensagem diferente, certo? E compreender a mensagem das cores te ajuda a chegar no próximo passo: o alinhamento das cores à sua imagem.


Alinhamento de cores e imagem

Aqui se dá sequência ao que vimos sobre a comunicação de diferentes mensagens através das cores. De modo geral, cores escuras transmitem mais formalidade e distanciamento, enquanto cores claras comunicam extroversão e abertura para novas ideias.


Saiba Mais: Qual a diferença entre cores frias e cores quentes?


Cores frias são vistas como mais elegantes, enquanto cores quentes são percebidas como mais criativas. Por fim, temos as cores intensas, que são mais chamativas e alegres e as cores suaves, que são mais delicadas e comunicam sutileza. Dependendo da sua intenção de imagem e (da sua cartela de cores), você pode e deve fazer uma mistura dessas características e adicionar ao seu visual o que melhor refletir seu desejo de imagem.

Por que é importante respeitar seu estilo na hora de trazer cores para seu armário?

Se você tem um estilo clássico, romântico e elegante, dificilmente irá conseguir comunicar seu estilo com cores intensas e escuras demais. O inverso vale para um estilo criativo, dramático e sexy, que não funciona tão bem com cores suaves e claras. Isso quer dizer que você não conseguirá comunicar seu estilo caso não opte/tenha uma cartela de cores que enfatizem seu estilo? Não. Por outro lado, as pessoas podem não compreender ou te perceber como você quer, o que pode afetar a comunicação da sua intenção de imagem.


Respeitando seus limites na hora de combinar as cores

Quando falo sobre limites, me refiro às possíveis combinações de cores que você pode fazer usando o círculo cromático. O círculo cromático nada mais é que um círculo de cores que harmonizam entre si e é um grande aliado na hora de começar a se aventurar pelo universo das cores.


Respeitar os seus limites de cor é essencial quando se está em fase de adaptação, uma vez que se você começa fazendo combinações com cores demais pode se frustrar por se achar muito colorida e/ou sentir que há excesso de informação. Ainda neste tópico, é importante mencionar que você não precisa ficar presa ao círculo cromático ou a ideia de que só vale composições de cor nas roupas. Grande parte das pessoas se sente mais confortável ao usar o que consideramos cores “neutras”, ou seja, o clássico preto, branco, cinza e variações de bege e marrom.



Essas cores são chamadas de acromáticas e são excelentes para quem não quer ficar tão colorida, mas quer adicionar alguns pontos de cor no look.



Você pode começar adicionando cores em pontos específicos como nos sapatos, joias e bijus, bolsas e maquiagem, por exemplo.


Agora, se você se sente confortável e preparada para ter mais peças coloridas e quer ousar nas composições de cor, as combinações dentro do círculo cromático são:




Monocromática – composição de cor feita a partir de uma única cor, podendo haver variação de tom (o clássico tom sobre tom) ou não.



Análogas – composição feita a partir de duas - ou mais cores - que estejam uma ao lado da outra.


Complementares – composição de cores feita a partir de cores opostas no círculo cromático, formando uma linha reta.


Complementar dividida – é a combinação de duas cores vizinhas ligadas à sua cor complementar, o que forma um triângulo mais fino.


Dupla complementar – é a combinação de quatro cores formada por duas duplas de cores complementares, formando um retângulo.



Triádico – é a composição formada por três cores formando um triângulo de lados iguais.


É possível harmonizar cores fora do círculo cromático?

Sim! O círculo cromático é apenas uma das maneiras de combinar cores de forma harmônica, mas não significa que é a única que funciona. Você também pode fazer composições de acordo com cores da natureza ou simplesmente de acordo com seu gosto pessoal. Exemplos de combinação de cores fora do círculo cromático que funcionam bem: verde com lilás, azul com rosa, azul com amarelo, roxo e laranja, dentre outras. Vale tudo desde que você se sinta confortável com o que você está vestindo.


Em resumo, o que você precisa fazer para começar a adicionar cores no seu guarda-roupas – e na sua vida, é treinar cada vez mais seu olhar para identificar quais cores e elementos irão te ajudar a comunicar sua intenção de imagem, experimentar composições de cor para compreender seus limites e gosto pessoal e usar as ferramentas disponíveis para obter sucesso na hora de compor seus looks, seja usando o círculo cromático, sua cartela virtual no MOSTY app ou sua cartela de cores física.


Ficou alguma dúvida ou você quer esclarecer algum ponto que não foi mencionado por aqui? Entra em contato com a gente!


SIGA-NOS

  • Whatsapp Neuf
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram