Como desenvolver o prazer em se vestir

Por Tay Fernandes



O ato de se vestir geralmente é uma ação automatizada. Acabamos por não prestar muita atenção ao que estamos fazendo, uma vez que é uma obrigação se vestir. Em tempos de quarentena, inclusive, quantas vezes você se pegou trabalhando de pijama ou com a roupa que usou para malhar?


O hábito de se vestir precisa sair do automático e passar a ser um momento em que você se conecta com quem é, refletindo sobre a mensagem que vai comunicar ao mundo. E eu sei bem como desenvolver esse hábito é difícil. Criar o costume de se vestir para você e não para os outros é um processo que leva tempo e demanda muita força para que você foque em sua autoestima.


Mas, acredite ou não, é possível sim ficar feliz compondo looks por horas! Uma das coisas que sempre converso com minhas clientes é que o primeiro passo para ter mais prazer ao se vestir é fazer isso por você. Por isso, a primeira coisa a ser feita é pensar nas suas roupas e identificar que vai te deixar feliz ao longo do dia, despertando amor próprio e a percepção da mulher sensacional que você é.


É importante te lembrar que a conexão com suas roupas e ao ato de se vestir está ligada diretamente aos seus valores morais, experiências e a maneira como você enxerga a vida, por isso é bacana que você faça uma análise mais aprofundada sobre os motivos que te deixam frustrada ao se vestir e também reflita sobre o que você tem feito para não ter tanto gosto por esse momento do seu dia. Dito isso, topa falar mais sobre os hábitos práticos a serem desenvolvidos?


Tome um bom banho assim que acordar ou simplesmente se vista, mas não se renda a preguiça de ficar de pijamas o dia inteiro e, principalmente, de apenas trocar um pijama por outro. Se vista como se você fosse realmente sair de casa e faça isso pensando nas mensagens que você está comunicando. Quando você se percebe comunicando sua imagem desejo, irá se sentir mais segura.


Lembra quando tinha um passeio na época da escola e você separava suas roupas na noite anterior? Resgate isso para sua vida adulta e passe a se planejar com pelo menos um dia de antecedência. Dessa maneira você se sentirá muito mais inclinada a vestir roupas de verdade.


Fotografe seus looks favoritos: A realidade é que nem todo dia estamos dispostas a pensar demais no que usar e para isso a solução está em uma das etapas da Consultoria 360 da Neuf: a etapa de composição de looks. Ali nós trabalhamos juntas criando looks e fotografando-os. Você pode guardar suas criações em um álbum no seu celular, ou, caso você tenha o privilégio de ter o MOSTY APP, agende uma sessão de composição de looks com sua Neufete favorita e aproveite para encher seu closet virtual. O importante aqui é manter um arquivo para que você possa consultar quando faltar inspiração e disposição.


Mantenha a visibilidade do seu armário em 100%: Um dos motivos de frustração de grande parte das mulheres ao se vestir é não saber o que tem no armário, ficando viciada em algumas composições por ser as peças que tem mais visibilidade dentro do guarda-roupa. Para isso, o melhor a ser feito é realizar um detox no seu armário, identificar o que tem a ver com seu desejo de imagem e doar o que deixou de ser funcional no seu dia a dia.


Um dos maiores facilitadores na hora de se vestir é ter um bom norte para começar, certo? E não há nada melhor do que ter uma boa referência. Sua referência pode ser o seu Guia de Estilo, caso já tenha uma consultora te auxiliando, ou você pode criar uma pastinha no Pinterest e ir salvando o que cabe dentro do seu desejo de imagem.




Conhecer seu estilo é uma das ferramentas mais legais quando falamos sobre autoconhecimento ligado à moda e ao ato de se vestir. É a partir da expressão da sua personalidade, necessidade e objetivo de imagem que surge seu estilo pessoal e, uma vez que você está apta a desenvolver seu estilo no dia a dia, se vestir fica muito mais divertido.

Em resumo, o melhor que você pode fazer para que se vestir se torne um momento agradável no seu dia é descobrir o motivo de atualmente ser difícil, doloroso ou frustrante. Em seguida comece a trabalhar esses motivos, se conecte com quem você é e seus objetivos.

Foto: Heather Hazzan and Lily Cummings (All Woman Project)


Lembre-se também que se sua questão com suas roupas é o fato de elas serem grandes demais ou pequenas demais, o problema está nas peças em si e não em você. Seja sempre gentil com seu corpo.


Posts recentes

Ver tudo
blog de moda e estilo

Blog de Moda

A Consultoria de Imagem é um espaço democrático e de infinitas possibilidades. Por isso, aqui na Neuf a gente valoriza todas as etapas do processo: desde o primeiro contato até a execução do serviço com excelência e, ainda, a criação de uma rede de troca de informações que vai te ajudar a tirar o melhor proveito da sua consultoria no nosso Blog de Moda.

E, por isso, a gente criou o Blog da Neuf, um blog de moda onde nossas consultoras dividem dicas, ensinamentos e muito conteúdo sobre todo o universo da consultoria de imagem. No nosso arquivo de posts, vocês podem encontrar textos sobre cores, tecidos, formas, tendências, produtos, estilo, moda, maquiagem, beleza, decoração e muito, muito mais. Vem navegar no nosso blog e desenvolver ainda mais a sua melhor versão!

Posts Mais Lidos

blog de moda e estilo
blog de moda e estilo
blog de moda e estilo
blog de moda e estilo
blog de moda e estilo

SIGA-NOS

  • Whatsapp Neuf
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram