As cinco cores icônicas da moda e como traduzi-las para os seus looks

Por Tay Fernandes


cores icônicas da moda

A história da moda sempre nos presenteia com cores, silhuetas e peças de roupa que, com o passar do tempo se tornam tão marcantes que viram icônicas.


Algumas dessas cores, inclusive, ganham registro de direito autoral, já outras são tão marcantes que só de pensar nelas, você as conecta às suas marcas.

E, quando pensamos em marcas que usam as cores para se comunicar e se firmaram com o passar dos anos, temos cinco que vêm em mente quase que imediatamente.


São elas o vermelho de Louboutin, o vermelho de Valentino, o laranja de Hermés, o azul de Tiffany e o rosa choque de Schiaparelli.


cores icônicas da moda
Vermelho de Louboutin

Conta a história que o vermelho Louboutin nasceu quando o próprio Christian Louboutin viu o esmalte vermelho de uma de suas funcionárias, se encantou e passou o tom nas solas de um dos seus sapatos.


Nasceu assim o notável solado vermelho que, depois de algumas brigas na justiça, se tornou propriedade intelectual da marca sob o registro de cor 18 1663TP da Pantone.


E, desde o início da década de 1990, o solado vermelho aparece tanto nos pés de celebridades, quanto nos pés de mulheres comuns.


cores icônicas da moda

Para replicar a sensualidade da marca e traduzir sua combinação de cores clássica, ou seja, o vermelho e preto, basta trazer para seu visual alguns elementos chave.


É preciso “ler” o sapato e interpretar seus detalhes.


Um exemplo disso é o acabamento envernizado que grande parte dos modelos possui e que pode ser representado tanto pelo couro quanto por uma seda bastante brilhante em preto. Já o vermelho é colocado aqui de forma discreta.


Podendo ser colocado como um detalhe nas roupas, esmalte nas unhas ou batom.


cores icônicas da moda

A história de Valentino Clemente Ludovico Garavani, fundador da marca Valentino inicia quando o mesmo começou a frequentar a Ópera de Barcelona, onde se encantou pelos tons de vermelho usados nas apresentações.


Valentino apresentou sua primeira coleção no início da década de 1960, encantando celebridades da época como Jackie Kennedy Onassis e Elizabeth Taylor.


Diferente de Louboutin, Valentino sempre explorou diversos tons de vermelho, sendo os preferidos os tons de vermelho rosado.


Desde sua fundação até hoje, as criações da marca sempre trouxeram à tona uma representação feminina, cheia de glamour e elegância.

cores icônicas da moda

Para traduzir a aura romântica das criações de Valentino, você pode apostar em vestidos e blusas vermelhas simples ou com rendas e aplicações.

cores icônicas da moda
O laranja de Hermés

A história da Hermés se inicia em 1837 e, muito antes de se fazer presente na área de moda, era uma oficina que vendia celas e acessórios em couro voltados para cavalos e carruagens da aristocracia francesa da época.


cores icônicas da moda

Conta-se que o famoso laranja se deu pela falta da tinta bege usada nas embalagens da Hermés durante a Segunda Guerra Mundial e, na hora de eleger uma nova cor, o laranja foi o escolhido, se tornando uma marca registrada e aparecendo não só nas embalagens, mas nas bolsas e até mesmo logotipo da marca.

cores icônicas da moda

Ainda que o laranja seja uma cor bastante forte, quando se trata de Hermés estamos falando de tradição e elegância.


Assim sendo, para trazer o tom e replicar a atmosfera mais chique da marca, aposte no laranja como ponto de cor em looks de cores claras e neutras como o bege ou o off white.


cores icônicas da moda

Em 1854 Charles Lewis Tiffany, fundador da renomada marca de joias Tiffany, tomou uma decisão que mudou para sempre a história do grupo.


A escolha do tom tão único de azul para a capa do catálogo de sua coleção foi convertida nas embalagens da marca e, mais tarde, se transformou em uma cor reconhecida mundialmente, cheia de significado e valor agregado.


cores icônicas da moda
O azul de Tiffany

Em 2001, em parceria com a Pantone, a Tiffany conseguiu registrar o código usado na cor (Blue Tiffany - Pantone 1837), que ganhou o nome de Azul Tiffany.


Desde então, nos Estados Unidos, o grupo é o único que pode usar o tom.


É importante lembrar, na hora de levar esse tom de azul tão marcante para seus looks, que a Tifanny é uma marca que reflete elegância.


Assim sendo, apostas como looks monocromáticos com pontos de luz singelos são seguras e muito bem-vindas.

cores icônicas da moda
Rosa choque de Schiaparelli

Elsa Schiaparelli sempre gostou de inovar em suas coleções.


Trabalhando com o surrealismo e trazendo para sua marca toques únicos e contemporâneos, a estilista desafiava a seriedade da década de 1930 com suas criações.


Elsa sempre esteve a frente de seu tempo, trabalhando zíperes aparentes em vestidos de alta costura, chapéus em formatos de sapato e, o rosa choque – ou Pink Shocking.