• Blog da Neuf

Cinco regras de estilo para você quebrar já!

Atualizado: Out 10

Por Tay Fernandes


Seja na hora de expressar nossa criatividade, seja comunicar nosso estilo e imagem de maneira mais autêntica: quando o assunto é moda e estilo, sempre surgem regrinhas em comum que nos limitam. Na consultoria de imagem e estilo, a ideia principal é que você comunique quem você é e quer ser, sendo assim, o propósito é conseguir que você expresse o seu melhor independente de regras ou normas impostas pelos chefões do mundo da moda.


Limitar-se a um único estilo que não supre suas necessidades:



A primeira regra que deve ser desmistificada é que você deve ter apenas um estilo. A verdade é que para construir seu estilo pessoal, você pode ter até três estilos universais, podendo ser em partes iguais ou não. Sendo assim, a ideia de que você só pode ter um estilo clássico ou um estilo sexy, é apenas um mito e você deveria se libertar desse pensamento.


Seu estilo não é estático:



A segunda regrinha tem uma ligação bem forte com a primeira, e é sobre a evolução do seu estilo ao longo da vida. Como tudo na vida, é normal que você mude seu estilo conforme for envelhecendo e novos momentos aconteçam na sua vida, por isso não sinta que você deve manter um estilo que já não faz tanto sentido para você. Um exemplo é uma jovem mulher com o romântico e natural que, ao conseguir uma vaga de emprego em uma empresa de advocacia, pode passar a sentir a necessidade de portar um estilo mais clássico e elegante.

Não quer dizer que por um elemento de design fazer parte de um estilo universal você é obrigada a adicioná-lo ao seu estilo pessoal:



É comum acreditarmos que uma mulher do estilo romântico deva se vestir sempre com rendas e mangas bufantes ou que mulheres do estilo elegante devam optar somente por cores suaves e cortes mais retos, mas a verdade é que todo e qualquer elemento de design deve estar de acordo com seu gosto pessoal e não estar ligado somente ao estilo universal. É sempre muito importante reforçar que para que seja o seu estilo pessoal, você precisa trazer toques únicos e que façam parte da sua personalidade e isso pode incluir eliminar alguns itens que você considera excessivos.

Sua cartela de cores X seu estilo:



Aproveitando o tema elementos de design e sendo cores um dos temas mais levantados pelas nossas Neufóricas, aqui vai um lembrete: a sua cartela de cores tem o propósito de te servir e não de se tornar uma prisão. Caso você e sua consultora cheguem à conclusão de que sua cartela precisa ser adaptada para funcionar no seu estilo, meça suas prioridades e siga o que for mais importante para você.


Um exemplo da vida real é minha própria cartela. Sou um Outono Escuro, mas um dos meus estilos é o estilo Natural. Aqui, de acordo com minha intenção de imagem e desejo de parecer uma pessoa mais acessível durante meus atendimentos, eu adaptei minha cartela, optando pelos tons mais claros dela e, vez ou outra, me aventurando por cores fora dela. A ideia principal é que você se sinta livre para explorar e entender o que melhor funciona para seu estilo pessoal e comunicação de imagem.

Seu estilo não consiste em composição de looks e cara de blogueira:



Seu estilo pessoal é muito importante na hora de comunicar sua imagem, mas não ache que ele é só sobre composições de look e looks do dia. Essa regrinha de que só é estilosa quem dispõe de muito dinheiro e um closet infinito é uma grande mentira. Uma mulher estilosa comunica também muita segurança, autenticidade e individualidade e isso não está ligado apenas aos looks que ela consegue compor. Seu estilo é parte da comunicação da sua imagem, ou seja, o propósito de se conhecer seu estilo não deve ser se equiparar as suas blogueiras favoritas, mas sim transmitir com verdade sua mensagem ao mundo.

Em resumo:


- Não se limite a ideia de que um único estilo é o suficiente caso não supra suas necessidades de comunicação – podemos ter até três estilos diferentes;


- Avalie sempre seu estilo e garanta que ele ainda atende às suas necessidades e, sempre que necessário, evolua-o;


- Não tenha medo de adaptar elementos do seu estilo para que se encaixem perfeitamente na sua rotina;


- Use sua cartela de cores a favor do seu estilo e da comunicação da sua imagem pessoal, adaptando suas cores sempre que sentir necessidade;


- Esqueça a ideia de que estilo está somente ligado aos looks que uma pessoa compõe e lembre-se que seu estilo é a representação visual de quem você é.

SIGA-NOS

  • Whatsapp Neuf
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram